Nas Olimpíadas, os participantes são divididos em equipes para a prática de modalidades conhecidas – ou personalizadas – temperadas com dinâmicas motivacionais e recreativas que agregam novidades e desafios.

Basquete, futebol, atletismo – cada esporte reserva uma surpresa e todos podem ganhar novas regras, criadas a partir do briefing da empresa, exigindo dos participantes flexibilidade, raciocínio, quebra de paradigmas.

No vôlei cego, por exemplo, em determinado momento do jogo a rede é coberta por uma lona, dificultando a visão de jogo. Uma analogia ao mercado já que, nem sempre, conseguimos prever as jogadas de nossos concorrentes, o que exige agilidade dos profissionais e até um certo feeling.

As Olimpíadas são atividades esportivas com grau de dificuldade baixo, que podem ser realizadas em hotéis e resorts no campo, na praia, ou mesmo em espaços indoor, como ginásios de clubes e grêmios.